O Maior Segredo de Abraão – Parte 2

0
2612

“Ora, o ETERNO disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.” (Gn. 12:1)

A cena é impressionante: Abraão estava recostado debaixo de uma árvore, perante uma montanha. De repente, um grande tremor. O monte se fendeu ao meio. Os céus se abriram e anjos gloriosos tocaram suas trombetas. Uma luz fortíssima apareceu em meio ao fogo, raios e trovões. E a voz do Eterno trovejou, chamando Abraão a sair de sua terra.

Só que há um pequeno detalhe, que é justamente o segundo segredo: Isso jamais aconteceu! Porém, a maioria das pessoas quando pensa no Eterno falando com Abraão costuma achar que foi algo parecido com isso.

No entanto, veja como a própria Bíblia Hebraica diz que o Eterno falava até com profetas de uma forma bem mais natural: “se entre vós houver profeta, eu, o ETERNO, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele.” (Nm. 12:6)

Mesmo com Moisés, o único com quem o Eterno – por motivos diversos – já falou face a face (Nm. 12:8), em dado momento recebeu uma mensagem inspirada do Criador, através de um conselho dado pelo seu sogro, Jetro: “Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e o Senhor será contigo. Sê tu pelo povo diante do Senhor, e leva tu as causas ao Senhor;” (Ex. 18:19)

Há várias formas através das quais o Eterno pode nos chamar. O problema é que se, por pura vaidade, quisermos ver show de efeitos especiais, corremos um sério risco de deixar que os chamados do Eterno nos passem desapercebidos.

A Bíblia Hebraica não diz de que forma o Eterno chamou Abraão, se por meio de um sonho, se através de um conselho de um amigo, se colocando um desejo muito forte em seu coração, enfim, as possibilidades são inúmeras.

E existe uma razão importante pela qual a Bíblia Hebraica omite esse dado: Para ensinar que isso não é importante. Não importa se uma mensagem chegou por email, Sedex, ou pessoalmente. O que importa é o teor da mensagem.

Em vários momentos da sua vida, o Eterno irá te chamar para alguma missão importante. Se você estiver de coração aberto para receber o que Ele tem a te dizer, Ele te revelará.

Mas como saber que foi Ele mesmo quem disse? Não se preocupe com isso. Primeiro, porque Ele usará o que for preciso para falar a você. Da mesma forma que Ele falou a Abraão várias vezes, frequentemente dizendo a mesma coisa.

Segundo, porque Ele sabe a maneira certa de falar a você de modo que você perceba que Ele está te chamando. Cabe a você apenas cultivar a proximidade a Ele.

Se você desenvolver na sua vida o hábito frequente de orar, refletir nas Escrituras e buscar sempre dar ouvidos às pessoas sábias – sejam elas amigos, parentes ou outros – certamente não faltarão meios para que Ele te chame.

Se, contudo, você ficar esperando os céus se abrirem, anjos descerem ou uma voz ensurdecedora, infelizmente, você corre um sério risco de morrer sem jamais reconhecer o chamado do Eterno em sua vida, pois seu coração está no “show de poder”, não realmente em ser usado por Ele.

Que possamos ser como Abraão, respondendo prontamente ao chamado do Criador!