O Perigo de Sentir Culpa

1
1662

“Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões. Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o ETERNO se compadece daqueles que o temem.” (Salmos 103:12,13)

Você já se perguntou porque a Bíblia fala tanto de misericórdia e de ser perdoado?

Alguns chegam até a ficar incomodados com isso, achando que as pessoas seriam mais corretas se a Bíblia não falasse tanto de perdão. Afinal, se seremos perdoados, que incentivo teremos para agir em integridade?

O que muita gente não percebe é que sentir culpa pode ser algo muito ruim, mesmo do ponto de vista prático.

A pessoa que se afunda num sentimento de culpa muitas vezes não consegue encontrar forças para se levantar e fazer diferente. E, assim sendo, a culpa pode ser tão nociva quanto a falta de arrependimento, pois ambos podem levar ao que é mais perigoso na vida espiritual: a inércia.

Tem gente que acha que sentir culpa é sempre um recado de Deus de que estamos em transgressão. Pode ser. Mas também pode não ser.

Se você observar bem as Escrituras, o Senhor deixa claro o que Ele quer de nós: Mudança de atitude. Observe o que o profeta Isaías diz:

“Aprendam a fazer o bem! Busquem a justiça, acabem com a opressão. Lutem pelos direitos do órfão, defendam a causa da viúva. “Venham, vamos refletir juntos”, diz o ETERNO. “Embora os seus pecados sejam vermelhos como escarlate, eles se tornarão brancos como a neve; embora sejam rubros como púrpura, como a lã se tornarão.” (Isaías 1:17,18)

O objetivo de toda a exortação do profeta não era que o povo se sentisse mal, mas sim que o povo mudasse de atitude. Sentar e chorar não ia resolver o problema. Mudar de atitude, sim!

A culpa que paralisa – que te diz que você é tão ruim que não adianta fazer nada, ou que te faz ficar tão afundado em auto-piedade que te impede de levantar e ir à luta – não vem do Senhor. Porque ela nada produz de concreto.

Sendo assim, a culpa também pode ser uma tentação, tanto quanto a arrogância da iniquidade. Porque ambos produzem o mesmo resultado: A total falta de mudanças.

Sendo assim, se você se sentiu culpa, não caia na tentação de ficar afundado em tristeza. Levante-se e faça a seguinte oração:

Senhor, eu não posso mudar o passado. O que eu fiz, está feito, e eu me arrependo. Porém, não quero me prender ao passado. Ajuda-me a viver o hoje, mostrando-me o que posso fazer hoje para ser uma pessoa melhor. Bendito seja o Teu Nome de eternidade em eternidade!

Lembre-se: A culpa positiva é aquela que produz mudanças.