O mundo anda terrível! O que fazer?!

3
1574

Diante de tantas notícias ruins e da perplexidade com o mundo atual, muita gente se pergunta: Como posso fazer para ajudar a tornar o mundo melhor? Muita gente tem boa vontade, mas não sabe nem por onde começar.

Quando já estava na terra da promessa, mas sabendo dos desafios que viriam posteriormente, o profeta Josué fez a seguinte afirmação.

“Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao ETERNO, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao ETERNO.” (Josué 24:15)

Josué disse aos ancião de Israel que eles tinham uma escolha. Josué sabia que ele, sozinho, nada podia fazer caso o povo escolhesse outro caminho. Mas, o que ele podia fazer, com isso ele se comprometeu: Ele e a sua casa serviriam ao Eterno.

Na maioria das vezes, as pessoas se desanimam porque acham que não podem fazer muito. Geralmente, o problema está no foco. Quando focamos em coisas grandes demais, isso só gera tristeza e frustração.

A mensagem do Monoteísmo e da sujeição ao Eterno como Senhor da Criação, sem adoração a qualquer outra divindade, é algo que faz parte dos Seus planos, e o mundo chegará lá. Porém, não compete a nós nos angustiarmos com isso.

Na realidade, a resposta está naquilo que disse Josué: Eu e minha casa serviremos o Eterno.

Josué sabia que o restante do povo seguir ou não o Senhor não dependia dele. O que ele podia fazer era assegurar que ele e sua casa serviriam o Senhor. E isso não é coisa à toa.

Na época do Segundo Templo, numa cidade pequena, um sacerdote disse essa mesma frase de Josué. Ele e seus filhos precisaram se refugir no deserto, quando Israel era varrido pelo culto a Zeus Olimpo. No entanto, foi a partir disso que começou a Revolta dos Macabeus, e a família daquele homem terminou por libertar todo o povo da tirania e da idolatria.

Não subestime o que a sua casa poderá fazer no futuro. Nós temos essa responsabilidade: De olhar para dentro, e formar lares voltados para o Senhor. Esse é o segredo para evitar a frustração e o abatimento.

E o restante? Deixemos na mão dEle. Ele está no comando de todas as coisas.