Existe Livre Arbítrio?

0
1654

A pergunta sempre gera uma boa dose de polêmica. Afinal, existe livre arbítrio? E se existe, como podemos conciliar isso com o fato de que o Eterno sempre realiza a Sua própria vontade?

Para que possamos responder adequadamente a essa pergunta, precisamos estabelecer duas verdades bíblicas:

1) A Bíblia fala de escolhas

Nós sabemos que temos sim uma escolha, pois em vários momentos a Bíblia fala sobre preferir o bem ao mal. Isso só faz sentido se nós podemos escolher entre um e outro. Exemplos:

“Hoje invoco os céus e a terra como testemunhas contra vocês, de que coloquei diante de vocês a vida e a morte, a bênção e a maldição. Agora escolham a vida, para que vocês e os seus filhos vivam.” (Deuteronômio 30:19)

“Portanto, ó nação de Israel, eu os julgarei, a cada um de acordo com os seus caminhos; palavra do Soberano ETERNO. Arrependam-se! Desviem-se de todos os seus males, para que o pecado não cause a queda de vocês. Livrem-se de todos os males que vocês cometeram, e busquem um coração novo e um espírito novo. Por que deveriam morrer, ó nação de Israel?” (Ezequiel 18:30-31)

Não faria sentido falar de escolher, de ser julgado pelas escolhas, ou de mudar de caminho se fôssemos robôs programados para agir bem ou mal.

2) Livre não significa ilimitado

Você não pode sair voando da sua janela, logo sua escolha não é ilimitada. E qual é o limite da nossa escolha? Aí sim podemos falar da vontade do Senhor. Observe:

“Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o ETERNO determina os seus passos.” (Provérbios 16:9)

A liberdade que você tem não irá modificar os planos do Eterno.

Gosto de fazer a seguinte comparação: Imagine um cientista fazendo um experimento e colocando ratinhos num labirinto, que tem diversos caminhos, mas apenas uma saída.

Cada ratinho irá fazer o seu caminho. Uns vão sair com cinco minutos, outros com duas horas. Uns andarão mais para a esquerda, e outros mais para a direita. Mas, no fim, todos sairão no mesmo lugar.

Dentro dessa analogia, pense na saída do labirinto como sendo a vontade do Senhor. Ela sempre irá se cumprir. O Eterno é Senhor de todas as coisas. Logo, o plano dEle sempre será soberano.

Agora pense nos ratinhos como representando a vontade do homem. Cada pessoa terá o seu caminho, fará as suas escolhas, irá andar por onde deseja, e consequentemente levará tempos diferentes para chegar ao mesmo ponto.

O Senhor já determinou o Seu plano e a Sua vontade, e ela irá se cumprir independente de qualquer coisa. Mesmo assim, o Senhor também nos deu a capacidade fazer nossas escolhas dentro desse processo.

A escolha dos ratinhos não afeta o labirinto, mas afeta o seu esforço, o tempo que levarão pra sair, o quanto irão ter que andar e dar voltas, entre outras coisas.

Da mesma maneira, as suas escolhas irão afetar a maneira como você vivencia o plano do Senhor. Mas, o plano já está estabelecido.

E por isso é importante orar e buscar dEle que a Sua vontade seja soberana em nossas vidas, pois quanto mais andarmos de acordo com o que Ele deseja, melhor viveremos a nossa vida.