Lidando com a Falta de Tempo

0
533

Na nossa sociedade, é cada vez mais comum a falta de tempo. Já muitas pessoas me pediram para dar uma perspectiva a partir da Bíblia Hebraica sobre essa questão.

Acredito que não exista uma resposta única para isso, mas que na realidade seja uma somatória de coisas. É importante que o leitor faça uma auto-avaliação e que veja o que realmente pode ser feito:

1) Tempo ou Prioridade?
Há um amigo que com quem tenho dos compromissos em comum. Um deles, um grupo de estudos. O outro, um curso. Nos dias do grupo de estudos, meu amigo frequentemente faltava, queixando-se de falta de tempo. Já nas aulas do curso, jamais faltava e geralmente era bastante pontual. Um dia, conversando comigo, deu-se conta de que o problema não era falta de tempo, mas sim de interesses.

Nosso tempo é, na realidade, regido por prioridades. E, frequentemente, estabelecemos essas prioridades sem nem nos darmos conta.

Por isso, muito cuidado com a ilusão de achar que não tem tempo para os filhos, a família, o cônjuge ou para o Eterno. Na maioria das vezes, isso indica prioridades invertidas.

A Bíblia Hebraica nos diz: “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento.” (Eclesiastes 12:1)

O que é dito sobre o Eterno vale também para tudo que nos é importante: Se não acharmos tempo para buscar tais coisas, quando estivermos no fim da vida, lamentaremos o distanciamento.

Se não tivermos tempo para nossa família, nossos cônjuges ou para o Eterno, como cobraremos que eles tenham tempo para nós? Então devemos estabelecer como prioridade de tempo também aquilo que tem prioridade de importância.

2) Fazer Coisas Demais
Muita gente boa tenta fazer coisas demais. Toma sobre si responsabilidades demais e acaba ficando completamente sufocada debaixo do peso do excesso de coisas. Dois perfis de pessoas acabam sofrendo disso: os centralizadores perfeccionistas, que acham que precisam fazer ou supervisionar tudo eles mesmos, e os que têm dificuldade de dizer não.

Até Moisés, um dos maiores homens que já existiram, teve esse problema: Queria atender todas as pessoas e resolver os problemas de cada um. Ao ponto de Jetro, seu sogro, dizer: “Não é bom o que fazes. Totalmente desfalecerás, assim tu como este povo que está contigo; porque este negócio é mui difícil para ti; tu só não o podes fazer.” (Êxodo 18:17-18)

A solução é dada pelo próprio Jetro: Dividir tarefas e responsabilidades. É preciso saber reconhecer os limites físicos e dizer – seja para si mesmo ou para as outras pessoas: Eu não aguento fazer tudo!

3) Excesso de Distrações
Quando Neemias reedificava os muros de Jerusalém, seus inimigos tentaram criar distrações, para impedir que ele concluísse os portões. Objetivavam, com isso, poder atacá-los. Tentaram criar distrações, chamando Neemias para congregar com eles. Ao que Neemias respondeu: “E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?” (Neemias 6:3)

Da mesma forma que nos tempos de Neemias, as distrações de hoje em dia são perigosas. E talvez sejam muito maiores. Mas exigem o mesmo tipo de atitude: Dizer NÃO!

Muita gente me pergunta como consigo conciliar tanto trabalho e um dos segredos é não perder tempo nas redes sociais. Não assisto vídeos, não perco tempo lendo mensagens enlatadas de auto-ajuda, nem mesmo baixo imagens. Evito até mesmo participar de grupos, ou fazer comentários. Porque essa é uma forma muito fácil de perder horas e horas sem se dar conta.

Cada vez mais, o mundo nos lançará distrações. Se não dissermos ‘não’ a elas, seremos derrotados pela avalanche de coisas que nos tiram o foco.

Evidentemente, há muitas outras coisas que podem ser feitas para melhor administrar o tempo. O objetivo deste artigo não é esgotar o tema, mas sim convidar o leitor a meditar melhor sobre ele.

Precisamos parar de culpar o mundo ao nosso redor e tomar as rédeas da situação. E confiar que o Eterno estará conosco. Só assim venceremos esse desafio.

Facebook Comments