Experimentando o Amor e a Felicidade

0
1126

“Mas tu, ETERNO, és Senhor compassivo e misericordioso, muito paciente, rico em amor e em fidelidade.” (Salmo 86:15)

Você já pensou no que você seria capaz de fazer pelas pessoas que você ama? O que você faria para garantir que elas tivessem qualidade de vida? O que você seria capaz de fazer pela felicidade delas?

Provavelmente, você respondeu que não mediria esforços para fazer tudo aquilo que estivesse ao seu alcance em benefício daqueles que você ama. E provavelmente você daria quase tudo em prol da felicidade deles.

No entanto, quando o assunto é o amor do Criador, nem sempre temos essa mesma certeza. Em alguns casos, há pessoas que quase chegam a pensar que o Eterno tem prazer na infelicidade. Quanto mais infeliz a pessoa, quanto mais sombria sua vida, mais espiritual.

Porém, isso é totalmente incompatível com o que as Escrituras revelam sobre Ele. Repare no que diz o salmista: Rico em amor e em felicidade.

Muitas vezes, nossa auto-estima está tão baixa e fomos tão condicionados a achar que merecemos o sofrimento. Ou que o Senhor está ocupado demais para pensar em nós. Ou ainda que há coisas muito mais importantes do que nossa felicidade.

Ninguém se sente assim por acaso. Pessoas nessas condições costumam ter passado por grande opressão por parte de outras. Seja por pessoas abusivas, pais excessivamente punitivos ou até cônjuges acostumados a praticar maus tratos.

Essas pessoas acabam tendo muita dificuldade de acreditar no amor do Senhor. Talvez porque há muito tempo não sentem que são amadas de verdade, com amor que não fosse egoísta. Com aquele amor que faz de tudo pela felicidade do outro.

O Senhor sempre respeita nosso livre arbítrio. Isso, às vezes, pode ser um problema. Porque escolhemos não receber dEle essa porção, acreditando que o que tem que vir na nossa direção é apenas tribulação.

Uma das chaves de experimentar esse amor da parte do Criador é entender que você é digno dele. Não por méritos pessoais – da mesma forma que você não ama um filho pelo que ele faz – mas simplesmente porque o Senhor te ama do jeito que você.

Abra-se para o amor do Criador. Se tiver dificuldade de saber como, repita a oração a seguir:

Senhor Eterno, Criador dos céus e da terra, estou cansado(a) de pensar que não sou digno da felicidade. Quero aqui, perante a Tua presença, me abrir para o Teu amor e para a Tua abundante felicidade. Peço, voluntariamente, que Tu derrames sobre mim todas as bênçãos que me tens reservado, sem nenhum ressalva ou restrição. E desde já agradeço por Seu amor incondicional.

Faça essa experiência e busque isso do Criador.

Facebook Comments