Síndrome de Abigail

2
2413

Para entender o que eu chamo de ’Síndrome de Abigail’, é preciso que você, querido leitor, primeiro preste atenção na história abaixo:

O Contexto
Em 1 Sm. 25, a Bíblia Hebraica nos conta a história de um homem muito rico e poderoso chamado Nabal. Ele era uma pessoa ruim, embora tivesse uma boa esposa:

“Seu nome era Nabal e o nome de sua mulher era Abigail, mulher inteligente e bonita; mas seu marido, descendente de Calebe, era rude e mau.” (1 Sm. 25:3)

Davi já era um importante general de guerra e havia livrado Israel de muitas angústias quando começou a ser perseguido, por ciúmes, pelo rei Saul, obrigando-o a fugir.

Enquanto Davi e seus homens estavam fugindo de Saul, encontrou os pastores de Nabal. Além de respeitar seu espaço, ainda ofereceu-lhes proteção enquanto trabalhavam. E eles aceitaram os serviços dos homens de Davi.

Em dado momento, os homens de Davi tiveram fome e passaram necessidade. E Davi humildemente pediu a ele que lhes desse um pouco de comida. Ao que Nabal respondeu:

“Quem é Davi? Quem é esse filho de Jessé? Hoje em dia, muitos servos estão fugindo de seus senhores. Por que deveria eu pegar meu pão e minha água, e a carne do gado que abati para meus tosquiadores, e dá-los a homens que vêm não se sabe de onde.” (1 Sm. 25:10-11)

Essa resposta, tão arrogante e cruel, quase lhe custaram muito caro, pois Davi e seus homens – com toda razão – ficaram indignadíssimos e prometeram retaliar.

Foi nesse momento que Abigail, esposa de Nabal, interferiu, foi até Davi levando muitos pães, ovelhas, grãos e frutas.

E disse a Davi: “Meu senhor, a culpa é toda minha. Por favor, deixa a tua serva lhe falar; ouve o que ela tem a dizer. Meu senhor, não dês atenção àquele homem mau, Nabal. Ele é insensato, conforme o seu nome significa; e a insensatez o acompanha. Contudo, eu, tua serva, não vi os rapazes que meu senhor enviou…E que este presente que esta tua serva trouxe ao meu senhor seja dado aos homens que o seguem.” (1 Sm. 25:24-27)

Davi ficou muito feliz com a resposta de Abigail e ela conseguiu apaziguar a situação.

O Eterno Olha para Abigail
Mas o Eterno não estava feliz. Porque ali estava uma mulher honrada, digna, presa à insensatez de um homem mau.

E, por causa disso, ela estava tendo que fazer algo que o Eterno não deseja que ninguém faça: Ela estava tomando para si a culpa do marido. O marido fazia as bobagens, e ela depois pedia perdão e tentava consertar.

E o Eterno não deseja que ninguém carregue sobre si a culpa do outro. (Vide, por exemplo, Dt. 24:16).

Então o seguinte aconteceu: “Quando Abigail retornou a Nabal, ele estava dando um banquete em casa, como um banquete de rei. Ele estava alegre e bastante bêbado, e ela nada lhe falou até o amanhecer. De manhã, quando Nabal estava sóbrio, sua mulher lhe contou todas essas coisas; ele sofreu um ataque e ficou paralisado como uma pedra. Cerca de dez dias depois, o ETERNO feriu a Nabal, e ele morreu.” (1 Sm. 25:36-38)

Por que o Eterno feriu a Nabal? Porque além de cruel e ladrão, Nabal também não se importava em condenar pessoas a uma das piores mortes possíveis. Ele sabia que estava condenando Davi e seus homens a morrerem de sede e de fome no deserto e nem ligava pra isso!

Quando Nabal morreu, Abigail se libertou. E, com isso, pôde ter uma vida infinitamente melhor, chegando a tornar-se rainha em Israel:

“Quando Davi soube que Nabal estava morto, disse: “Bendito seja o ETERNO, que defendeu a minha causa contra Nabal, por ter me tratado com desprezo. O ETERNO impediu seu servo de praticar o mal e fez com que a maldade de Nabal caísse sobre sua própria cabeça”. Então Davi enviou uma mensagem a Abigail, pedindo-lhe que se tornasse sua mulher.” (1 Sm. 25:39)

Liberte-se Hoje
A questão que fica é: Imagine quanto tempo Abigail sofreu com a maldade e insensatez de Nabal!

Abigail demonstrou caráter e isso foi muito importante. Mas, ela não precisava carregar uma culpa que não era dela. E o Eterno tanto não queria isso para ela, que a libertou de tal jugo.

Conheço muita gente que é como Abigail: Pessoas que se vêem feridas por outras, presas em relacionamentos terríveis, sejam esses relacionamentos conjugais, familiares ou até mesmo de trabalho. E ficam por anos sofrendo, porque tentam tomar para si as culpas do outro.

Observe como a vida de Abigail melhorou muito depois que ela confrontou Nabal e o Eterno a libertou!

Se você é uma pessoa que, para não ter confusão, carrega as culpas de todos. Se você sempre tenta justificar o outro e achar que tudo é você quem precisa melhorar e mudar, então saiba que o Eterno não está satisfeito com isso.

O Eterno te diz hoje: Liberte-se! Não tema chamar as pessoas à responsabilidade daquilo que elas fazem, pois ninguém pode carregar o peso do mundo nas costas!

O Eterno deseja que você seja livre para que, assim como Abigail, possa atingir todo o seu potencial e ter uma vida feliz, plena e realizada.